1.png Dicas Práticas 2.png
blank.gif

Cursos de decoração de interiores Feira de Santana, Bahia

Encontre endereços e telefones de cursos de decoração de interiores em Feira de Santana. Aproveite para obter dicas e mais informações sobre o assunto em nossos artigos com tutoriais.

Ana Cristina Monteiro Arquitetura
(75) 3221-6127
r Br Rio Branco, 1309, Centro
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Serra Valle Construtora Ltda
(75) 3614-2655
rdv BR-324, 100000, Km 100
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Conagro Consultoria Ltda
(75) 3614-3064
r Prof Leonídio Rocha, 200, Kalilândia
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Carlos Alberto Firpo Mascarenhas
(75) 3225-9269
r Br do Rio Branco, 882, Centro
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
D P Assessoria e Consultoria
(75) 3626-0217
r Santos Dumont, 181, Centro
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Concil Construçoes E Projetos
(75) 4141-0777
r Rua Camamu, 96 Terrio
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Apafs
(75) 3624-7022
av Getúlio Vargas, 1097, Centro
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Denivaldo Soares Freire
(75) 3221-4474
r Alcides Fadiga, 319, Queimadinha
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Arquitetura George Carvalho
(75) 3622-0286
av Getúlio Vargas, 1745
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Augusto César de Carvalho Pacheco
(75) 3223-5832
r Cel Álvaro Simões, 108, Queimadinha 44026-450
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Decoração de Interiores : Escala, Proporção e Equilíbrio

Artigo fornecido por:

Por Maria Alice Miller



Alguns dos mais importantes fundamentos de composição, a Escala, a Proporção e o Equilíbrio estão sempre presentes em ambientes bem decorados, mas não necessariamente são notados, destacados ou sequer percebidos.

 

Num misto de "instinto" - baseado em conhecimentos da história da arte - misturado com conceitos estéticos, muitos profissionais criam belos ambientes utilizando estes fundamentos perfeitamente, mas não sabem explicar nem porque, nem como. Isto também ocorre com leigos que têm um olhar apurado para o belo, seja quando simplesmente arrumam uma mesa para refeição, seja quando arrumam quadros nas paredes de suas casas.



articles: Calcada-1.jpg
Espaço valorizado: apenas um sofá e um banco, acompanhados por mesas simples, tornam o estar elegante.

Apesar disso, venho notando que muitos dos projetos de interiores criados por profissionais que vemos divulgados - e que acabam servindo como um "padrão estético" para muitos de nossos Clientes - não têm valorizado estes fundamentos básicos. Infelizmente alguns pecam na falta destes fundamentos ou até apresentam claros problemas em layout (arrumação das peças no espaço), para ficar apenas com alguns senões. O que vem ocorrendo em minha opinião, é uma valorização dos itens que compõem o espaço - tais como revestimentos de pisos e paredes, móveis, equipamentos, adornos e acessórios - se esquecendo que nosso trabalho se apóia em fundamentos menos visíveis e mais sutis, do que simplesmente sobre os elementos que os compõem.

Tem havido uma prevalência de móveis de design - cadeiras, poltronas e mesas reconhecidas por terem sido assinadas por um designer reconhecido - marcenaria sob medida, equipamentos de última geração - TVs de plasma ou LCD, home-theaters, telões, equipamentos de som, cooktops, coifas, entre outros - adornos e luminárias sofisticadas, rebaixos em gesso cheios de detalhes e revestimentos de piso e parede de altíssimo valor, que naturalmente resultam num ambiente bonito, mas financeiramente inviáveis para a maioria, se somarmos cada um dos itens e serviços envolvidos numa obra de alto padrão. Desta forma passa-se uma mensagem para os leigos que um ambiente bem decorado envolve, necessariamente, a compra de móveis e objetos de alto valor, além de outros itens de mesmo top.

articles: Calcada-1.jpg
Sala de jantar feita com mesa de madeira simples, uma boa gravura e um belo arranjo floral. É preciso mais?

É certo que um trabalho de interiores bem feito envolve um determinado dispêndio monetário. Mas o que temos visto é uma "mudança de alvo": ao invés de se almejar criar ambientes que estejam de acordo com os fundamentos de composição - ou seja, que possuam Escala, Proporção e Equilíbrio, resultando num todo harmônico - alguns profissionais preferem utilizar peças de valor intrínseco, se esquecendo de que estas peças sozinhas não resultam num ambiente belo, necessariamente.

Creio que muitos têm se esquecido que mais valioso que revestir um...

Clique aqui para ler este artigo em Dicas Práticas

blank.gif